Mas, como qualquer profissão, há prós e contras envolvidos. É um trabalho difícil, e nem todo mundo esta apto a realiza-lo. Hoje vou revelar as 10 grandes dificuldades sobre ser um fotógrafo de casamento.

Quando você olhou para os 10 grandes motivos para ser um fotógrafo de casamento eles eram certamente muito bons. É um dia incrível para fotografar, ser convidado para um momento tão importante da vida de seus clientes é uma grande honra!

Vamos lá?

1. Primeiros passos

Quando você tenta se tornar um fotógrafo de casamento, você vai se deparar com alguns enigmas. Você precisa de experiência para ser contratado para fotografar um casamentos, mas para ter experiência precisa ser contratado. Isso é incrivelmente desafiador e difícil para qualquer fotógrafo para se locomover. Alguns farão segunda câmera para fotógrafos estabelecidos no mercado para obter essa experiência, e os outros vão ter sorte com um amigo ou membro da família disposto a dar uma chance a eles. De qualquer maneira, é preciso muito trabalho e perseverança para obter experiência e apertar bastante o cinto.

E não é difícil apenas para conseguir um trabalho, também é preciso um bom investimento em dinheiro para todo o equipamento necessário para fazer um bom casamento. Estes eventos requerem múltiplas lentes, flashes, equipamentos de backup, e grande quantidade de baterias e cartões de memória, para não mencionar os discos rígidos (HD) suficiente para fazer o backup das imagens corretamente! É preciso desembolsar bastante dinheiro antes mesmo de ter realmente o negócio funcionando. Agora, você pode alugar equipamento para fazer os primeiros casamentos um pouco menos caro, mas se você quer alguma coisa realmente séria para entrar nesse negócio, você eventualmente tem que fazer investimentos sérios.

2. Negócios

Neste tópico poderiam estar incluídos os números 2-5, porque há muitos aspectos do negócio de fotografia de casamento que podem ser muito difíceis. Primeiro é descobrir como colocar em funcionamento. Então, como proprietário, você rapidamente percebe que você é responsável por todas as etapas de trabalho da sua empresa.

Você agora é o contador, o departamento de marketing, o designer gráfico, o departamento de atendimento ao cliente, o secretário, e praticamente qualquer outro título que você pode pensar, você é. Isso não traz apenas muita responsabilidade, mas muita aprendizagem e descobrir como fazer tudo funcionar sem problemas!Depois, há os preços. Oh preços – uma das partes mais difíceis e assustadores de ser qualquer tipo de fotógrafo. Você está fazendo a coisa certa? Você está escolhendo os preços que vão tornar o seu negócio infalível? Ele pode ficar mais fácil, felizmente existem recursos por ai que pode tentar ajudá-lo a resolver o problema, mas ainda assim é assustador e esmagador, e a causa de muitas úlceras.

3. Mega quantidades de trabalho

Uma vez que você percebe quantas peças são necessárias para a execução de um trabalho, chega ser nenhuma surpresa que a fotografia de casamento é muito trabalhoso. Em seguida, adicione estes itens ao seu negocio: o marketing, qualidade, papelada, preços, contabilidade, e você vai começar a ver que fotógrafos de casamento não tem uma tonelada de sono.

As 10 maiores dificuldades de ser um fotografo de casamento - Brandon Dewey - Blog Ser Fotógrafo
Foto: © Brandon Dewey

Há um mito perigoso que flutua por ai de que eles só trabalham um dia na semana e fazem toneladas de dinheiro. Mas, na verdade, eles geralmente trabalham uma semana normal de 5 dias, tem reuniões e engajamentos, e em seguida, fotografam casamentos aos sábados. Sim, mega quantidades de trabalho.

4. Equilíbrio

Com todo esse trabalho, vem o desafio de equilibrar as coisas. Os casamentos podem facilmente consumir toda a sua vida. Encontrar tempo para ser apenas uma pessoa, e não um fotógrafo de casamento, é realmente difícil. Seus relacionamentos com amigos e familiares também tendem a sofrer, uma vez que normalmente não esta livre às sextas-feiras ou sábados durante a alta temporada de casamentos. Sem equilíbrio, é fácil perder a paixão e o amor pelo trabalho que exige o máximo de atenção e uma produção de alta qualidade.

5. Sazonal

Veja também: 10 grandes motivos para ser um fotógrafo de casamento

Em quase todas as partes do mundo, os casamentos são sazonais. Ele tende a se tornar muito frio no inverno, ou muito quente no verão, por isso, durante esses meses, você vai se deparar com quase nenhum trabalho. Não vai ser nenhuma surpresa ter dificuldades para pagar as contas! Você pode tentar fazer o suficiente na época de alta para se manter pelo resto do ano, ou encontrar maneiras de continuar trazendo dinheiro quando os casamentos parar. É um grande desafio.

6. Ter uma boa vida

Seguir em frete, sem um toque a mais, é difícil fazer uma boa vida como um fotógrafo de casamento. Você precisa ser grande em fotografia e grande em negociar. Você precisa se ​​adaptar a um mercado em constante mudança, e descobrir como se destacar da multidão. Você precisa resolver o problema da sazonalidade, e definir preços de forma inteligente para serem revertidos em lucros. Você precisa manter seus custos baixos, mas que a experiência do cliente seja a nível mundial. É bastante fácil de ganhar dinheiro em fotografia de casamento, há sempre alguém disposto a pagar R$ 1.000 somente pelas fotografias e arquivos. Mas ter uma boa vida é uma história completamente diferente.

7. Responsabilidade

As 10 maiores dificuldades de ser um fotografo de casamento - Aline Lelles - Blog Ser Fotógrafo
Foto: © Aline Lelles

 

Casamentos não vêm com “replay”. Você tem apenas uma chance de capturar a caminhada pelo corredor, o primeiro beijo, ou o lançamento do buquê. Você não só precisa ser tecnicamente qualificado o suficiente para ter certeza que pode capturar aquelas fotografias críticas, mas também precisa ser capaz de lidar com esse tipo de pressão, e ainda pensar de forma criativa! Isso certamente fica muito mais fácil ao longo do tempo fotografando e fotografando, junto com cargas de preparação. Mas você nunca deve perder esse entendimento de que você está registrando um evento de uma-vez-na-vi-da. É muita responsabilidade.

8. Mentalmente e fisicamente desgastantes

Casamentos são geralmente pelo menos 8 horas capturando, comumente podendo chegar até 14 horas. Esse tempo requer bastante esforço físico e mental contínuo, seguindo a noiva e o noivo o tempo todo, documentando suas experiências. Barrinhas de cereal e bebidas energéticas ajudam a passar o dia, se você não for cuidadoso pode facilmente ficar desidratado, mas, em seguida, há aquela “ressaca pós casamento”. Domingo é o dia para recuperar as energias! Bem, você começa a lidar com tudo isso ao mesmo tempo e tem que continuar positivo e alegre a cada click!

9. Agradar muitas pessoas

Sua proximidade com a noiva e o noivo durante todo o dia coloca você em contato com outras pessoas importantes (padrinhos, pais, cerimonialista, celebrante, etc.) Muitos deles são pessoas que você realmente tem que tirar fotos, então você também tem que dirigi-los. Muitos deles têm um grande interesse em você durante o dia e depois no resultado das fotos. Então você começa o desafio de agradar a todos! É definitivamente possível, mas requer um grande esforço, compreensão, flexibilidade e, acima de tudo, paciência. O bônus e o melhor de tudo isso é que você provavelmente vai obter muitas referências a partir dessas pessoas, e não apenas da noiva e do noivo!

10. Encontrando seu estilo único

Nós já listamos nove coisas difíceis, e não falamos realmente a verdade sobre fotografar um casamento! Embora seja um evento muito diverso, e que exige um monte de diferentes habilidades fotográficas, o que pode ser mais difícil de tudo isso é encontrar o seu próprio estilo, um estilo que seja único. A indústria do casamento parece obcecada em encontrar uma nova tendência a cada ano, e metade dos fotógrafos e 3/4 dos blogs seguem esse exemplo. Noivas são influenciadas por todas estas fontes, e querem ter essas tendência em seu casamento. Realmente parece mais fácil e simples ir a bordo dessas tendências e obter sucesso em vez de abrir o seu próprio caminho.

As 10 maiores dificuldades de ser um fotografo de casamento - Manuel Orero - Blog Ser Fotógarfo
Foto: © Manuel Orero

Basear seu estilo em uma tendência é perigoso. Uma vez que os ventos mudam, você pode virar notícia velha. Mas você quer que seu trabalho tem um estilo único? Deve torná-lo coeso e atraente para o tipo certo de noiva. E é aí que reside o desafio, porque realizar isso não é realmente algo que você vai fazer por toda sua carreira. Seu estilo vai evoluir como você e você vai evoluir como artista. A chave para torna-lo único, é ignorar o que todos os outros fotógrafos estão fazendo, e prestar bastante atenção na sua voz interior. Procure inspiração em qualquer lugar dentro da indústria do casamento. Confira o que está acontecendo no mundo do design gráfico, ou visite museus regularmente. Quanto mais diversificada forem as sua fotografias, mais original o seu estilo vai se tornar e você vai se destacar, e mais fácil será para elevar-se acima das tendências e com isso seu estilo vai durar muito mais.

Bônus

Agora, eu sei que a leitura de todas as partes difíceis de ser um fotógrafo de casamento pode ser assustador. Mais eu não quero adoçar uma atividade que é realmente difícil. Mas há também muitas de coisas maravilhosas sobre o trabalho. A coisa mais importante a tirar deste debate é o que você precisa para entrar no setor com uma expectativa realista e que vai demorar para você ser bem sucedido. Se você é profundamente apaixonado pelas imagens que você pode criar para seus clientes, você terá a energia e a dedicação necessária para fazer um negócio sólido e fora do comum.

Afinal, ser um fotógrafo de casamento significa que você começa a comer lotes e lotes de bolo saboroso, e isso é o sinal de um trabalho realmente mágico!

Sua vez, será que deixamos de citar alguma coisa em nosso top 10? O que você acha mais difícil de ser um fotógrafo de casamento? Compartilhe conosco nos comentários agora!