As Mirrorless são câmeras compactas com lentes intercambiáveis. São uma nova e fascinante alternativa para DSLRs. Mais será que valem a pena?

Até recentemente, o design DSLR era a única opção para os fotógrafos que queriam lentes intercambiáveis – mas tem suas desvantagens. O visor óptico em uma DSLR é ótimo, se você quiser usar a tela LCD para compor suas fotografias, como você faria em uma câmera compacta, mas eles são muito menos eficazes. Isso é porque, para fazer isso, uma DSLR tem que abrir o espelho e trocar para um sistema de autofoco mais lento e trabalhoso.

Assim, os fabricantes de câmeras introduziram uma nova geração de câmeras, as Mirrorless, literalmente “sem espelhos”, também conhecidas como “câmeras de sistema compactas (CSCs, sigla em inglês)”. Essas são exatamente como câmeras compactas, mas com sensores maiores e lentes intercambiáveis, como as DSLRs. A ausência de um espelho significa que as câmeras podem ser menores e mais leves, e os modelos mais recentes usam novos e mais sofisticados sistemas de focagem automática que os colocam a par com DSLRs.

Todas as câmeras sem espelho permitem compor imagens na tela traseira sem perda de desempenho de focagem automática. Na verdade, em muitas câmeras sem espelho, essa é a única maneira de tirar fotos, porque os modelos mais baratos não possuem visores.

Vale a pena pagar a mais por uma câmera com um visor, no entanto, com as câmeras mirrorless a luz penetra com maior facilidade. Porem, como a câmera não tem espelho o visor é eletrônico e não óptico. Visores eletrônicos podem mostrar a imagem exatamente como o sensor irá capturá-la e muitos ainda preferem a clareza óptica de um visor DSLR.

Por enquanto, parece que DSLRs e câmeras sem espelho coexistirão. Nenhuma é melhor do que a outra – eles estão realmente em um caminho paralelo – então, em resumo, vai do gosta de cada profissional.

O que há de bom nas Câmeras Mirrorless (Prós):

  1. Pequeno e leve
  2. Mecanicamente mais simples do que DSLRs
  3. “Visualização ao vivo” em tempo integral com autofoco rápido.

O que há de ruim nas Câmeras Mirrorless (Contra):

  1. Alguns modelos não possuem visores
  2. Os visores eletrônicos não têm a clareza do sistema óptico de uma DSLR
  3. Até agora, a gama de lentes disponíveis é mais limitada, mas está crescendo.

Alguns modelos de câmeras mirrorless:

Se esse artigo foi útil par você não deixe de compartilhar e comentar aqui em baixo, se tiver mais alguma dúvida ficarei feliz responder.