Fotografia para iniciantes. De câmeras de Smartphone a full-frames DSLRs, entenda a diferença entres elas.

Você só precisa entrar em uma loja de equipamentos fotográficos ou procurar online para ter uma ideia do grande número de câmeras digitais no mercado. Existem tantas marcas, tipos e tecnologias disponíveis, e claro, com cada uma reivindicando ser a melhor. Fica complica, não é mesmo?!

Mas é possível tirar todas essas dúvidas simplesmente descobrindo o tipo de câmera ideal para você.

Então, vamos começar com os conceitos básicos até chegar às mais avançadas, aquelas que os profissionais usam. Mas você não precisa ficar horas lendo tudo isso de uma só vez. Salve esta página em suas favoritos e leia os poucos, basta entrar em um ônibus e continuar lendo sempre que possível!

Vamos lá:

  • Um Smartphone

Um smartphone é tão bom quanto uma câmera compacta? Certamente sim.

Não há nada de errado com as câmeras em smartphones. Os melhores smartphones têm realmente boas câmeras incorporadas, mesmo que não tenham a mesma quantidade impressionante de megapixels que as câmeras digitais profissionais ou semi-profissionais teriam.

Vale lembrar que nem tudo é a quantidade de megapixels eles tem – um smartphone com uma câmera de 8MP ou acima é tudo o que você precisa para produzir boas fotos para redes sociais como o Instagram, por exemplo. Além de poder “revelar” essas fotos de tamanho moderado, e obter uma impressões de qualidade para pendurar na sua parede se realmente tiver feito uma fotografia belíssima.

Logo abaixo irei listar alguns modelos de câmeras de cada uma dessas categorias. Vamos continuar?

  • Uma Câmera de ação

Se você quiser capturar as aventuras da sua vida, talvez você precise de uma câmera de ação, não uma câmera comum que você aponta e dispara.

Você pode superar as limitações da câmera do seu smartphone com facilidade com uma câmera “adequada”, mas antes de analisá-los em detalhes, há outra opção a considerar: Câmeras de ação. Se capturar as aventuras da sua vida é o que você quer, por que não fazê-lo com o vídeo?

As câmeras de ação são duras e fáceis de usar, e vêm com uma gama acessórios para que você possa anexá-la ao guidão, skates, capacetes, painel do seu carro…

Eles foram popularizados pela GoPro Hero, mas agora há dezenas para escolher.

As câmeras de ação geram imagens de alta qualidade (algumas, como o Hero6 Black, podem capturar até em 4K) através de lentes de ângulo grande de distância focal fixa. Alguns são completamente à prova de água, enquanto outros podem ser embaladas com caixas impermeáveis transparentes.

As câmeras de ação são o oposto das câmeras “tradicionais” – são mais baratas, são pequenas e suficientemente leves para levar para qualquer lugar, e são tão simples que tudo você precisa saber é… como pressionar um botão.

  • Câmeras Compactas

Quem ai ainda tem umas dessas?

As câmeras compactas são baratas e vêm com lentes de zoom e mais controle sobre exposição, equilíbrio de branco, foco e outras configurações.

A lente de zoom é um recurso “monstro”. Os smartphones oferecem “zooms” digitais, mas isso não é a mesma coisa, porque estes simplesmente recolocam uma área menor da imagem (Crop), com isso você perde resolução. Normalmente, uma compacta barata terá um zoom de 5x e é mais larga do que uma lente de smartphone.

Veja também: Qual a diferença entre o sensor APS-C e um sensor Full Frame?

Mas a qualidade da imagem não é necessariamente melhor. O tamanho do sensor é um fator chave na qualidade da imagem, como veremos mais adiante. As câmeras de comuns  normalmente possuem sensores de 1 / 2.3 polegadas, que são aproximadamente metade do tamanho da unha pequena e pouco maiores do que aqueles em um smartphone legal. Desta vez vamos esquecer os megapixels, o tamanho do sensor é o que limita a qualidade da imagem comprado a um smartphone.

  • Câmeras Compactas Super Zoom

As Câmeras Compactas de Super Zoom, na minha opinião, é o ponte de partida pra quem quer se tornar um profissional de fotografia.

Uma compacta relativamente barata. Possuir um longo alcance é sua principal vantagem – a lente do zoom muito mais longe – . Uma compacta dessas é essencial  para uma boa fotografia, com um alcance de zoom muito, muito maior, normalmente 30x.

A ideia aqui é que você tenha uma câmera que ainda se encaixe no seu bolso, e que tem um alcance de zoom tão poderoso que você pode fotografar praticamente qualquer coisa, desde belas paisagens até grandes monumentos distantes.

  • Câmeras Bridge (Estilo DSLR)

As câmeras Bridge têm controles e estilo DSLR e zoom maciço, mas a qualidade da imagem não é seu ponto forte.

Se o tamanho da câmera não é importante, mas você gosta da ideia de uma câmera “do-it-all” com uma lente zoom super-longa, então uma câmera ‘bridge’ pode estar próximo do que você quer.

O nome ‘bridge câmera’ vem do modo como essas câmeras são projetadas para preencher o espaço entre uma câmera compacta normal e uma DSLR. Na verdade, as câmeras de ponte costumam parecer DSLRs, com um corpo “gordo” característico, um botão de disparo robusto no lado direito, um seletor de modo de exposição na parte superior e o programa AE, prioridade de abertura, prioridade do obturador e modo manual de qualquer DSLRs. Muitos modelos agora fotografam em RAW também, verifique as especificações para se certificar.

  • Câmeras DSLR

Hora de migrar para uma câmera DSLR. SLRs digitais oferecem grandes sensores e lentes intercambiáveis e marcam o primeiro passo para uma fotografia “profissional”.

As DSLRs ainda são consideradas a escolha número um para os fotógrafos “profissionais”, e são ótimas câmeras para aqueles realmente querem se profissionalizar nesse meio pois ensinam todos os princípios básicos da fotografia sem pesar tanto no bolso.

Uma DSLR é fundamentalmente diferente das câmeras mostradas até agora, com elas você pode trocar de lente. É aqui que as câmeras digitais se dividem em dois tipos principais.

Até agora, vimos as chamadas câmeras “compactas”, embora seja mais preciso chamá-las de câmeras de “lente fixa”, pois muitas vezes não são compactas! Isso inclui câmeras chamadas “point-and-shoot”, câmeras de ação, super zoom, câmeras de bridge.

Mas o segundo tipo são as “câmeras de lentes intercambiáveis“, que é onde você entra no território DSLR.

Ser capaz de mudar lentes realmente abre um novo mundo na fotografia. As DSLRs geralmente vêm com zoom “padrão” ou lentes do “kit”, que cobrem uma faixa padrão de distâncias focais, mas você também pode obter telephotos, lentes super-wide-angulares, lentes macro para close-ups extremos, lentes de fisheye (olho de peixe) e lentes primárias rápidas (lentes de distancia focal fixas) para fundos mais desfocados.

Para saber como escolher a lente certa separei esse artigo especialmente para você: Como escolher a melhor lente?

As DSLRs são perfeitas para qualquer pessoa que queira levar a fotografia mais a sério, não apenas porque você pode mudar as lentes, mas porque possui sensores APS-C grandes que oferecem uma qualidade muito melhor do que os sensores menores na maioria das câmeras compactas. Você também obtém controles manuais completos, a capacidade de filmar arquivos em alta definição e um visor óptico que lhe dá uma visão clara da cena na frente da câmera.

Separei também esse artigo falando das famosas Câmeras Mirrorless: Câmeras alternativas, as famosas Mirrorless

Como prometido, alguns modelos de câmeras de cada categoria:

Smartphones

  • Iphone7
  • Samsung Galaxy J2
  • Motorola Moto C

Câmera de Ação

  • GoPro Hero 6

Compactas

  • Nikon Coolpix A100
  • Sony Cyber-Shot W830

Super Zoom

  • Panasonic Lumix ZS100
  • Canon Sx720

Bridge

  • Sony Cyber-shot RX10
  • Sony DSC HX400

DSLRs

  • Nikon D3400
  • Canon Rebel T6

Como diria a Turma do Pernalonga “Isso é tudo pessoal”, por hoje… Espero ter ajudado e não deixem de ver os outros artigos dessa serie: Fotografia Para Iniciantes.

Se esse artigo foi útil par você não deixe de compartilhar e comentar aqui em baixo, se tiver mais alguma dúvida ficarei feliz responder.