A câmera tripla e a estreia da lente ultra wide do iPhone 11 Pro Max foi para teste pelo DxOMark – e não levou a melhor, por mais incrível que possa parecer!

De acordo com o teste elaborado pelo portal DxOMark, novo iPhone 11 Pro levou o 3º lugar na qualidade da câmera.

A novidade mais cobiçada da Apple foi comparada com outros dois modelos chineses: Huawei Mate 30 Pro e Xiaomi Mi CC9 Pro, ambos com 121 pontos no ranking do portal. Já o iPhone ficou em terceiro lugar, com 117 pontos.

Segundo o DxOMark, algumas especificações foram utilizadas para o teste das câmeras: zoom, faixa dinâmica e recursos adicionais. O novo iPhone foi bastante elogiado principalmente pela faixa dinâmica fotográfica e a sua retenção de detalhes, o foco automático rápido e a estabilização de vídeo. A evolução na quantidade de ruído visível também foi um ponto de destaque.

Leia também: Smartphone da samsung ocupa a primeira posição no ranking de fotografia da DxOMark

Entretanto, o que fez o iPhone ir para o bronze foi o zoom, que, a longo alcance, teve sua qualidade reduzida em comparação com os outros celulares. Além disso, a instabilidade no mapeamento de algumas regiões do céu ou em materiais refletivos e o efeito bokeh da câmera do aparelho, apresentaram erros de estimativa de profundidade ao redor do cabelo da pessoa a ser fotografada.

No quesito áudio e vídeo, o iPhone 11 Pro foi para o primeiro lugar, com 71 pontos. Já iPhone 11 Pro Max obteve 102 pontos gerais, empatando com o Xiaomi Mi CC9 Pro Premium Edition.